Vinho ao Vivo - Lisboa

It happened last week, in Belém (Restaurante À Margem). Lovely place, over the Tejo river, very well organized by Goliardos (http://www.osgoliardos.com/) with producers as CASA de MOURAZ, Vinha Paz, Quinta da Pellada, Niepoort, Mateus Nicolau de Almeida, Quinta dos Cozinheiros, Quinta do Mouro, Quinta das Bágeiras, Ramos Pinto, Quinta do Feital, Casal Figueira, Luis Soares Duarte, Quinta do Infantado, Conceito Vinhos, Quinta da Muradella, Desc. de J. Palácios, Mas Estela, Forjas del Salnes, Clos Thou, La Chevalerie, Clos Roche Blanche, Elian da Ros, J.L. Tribouley, Gonon, Roagna, Rinaldi, Tenuta di Valgiano.

1 comentário:

carla castro disse...

Ola sara e Antonio, belo blog! espero ter 1º ctn definido até a prox semana, as ultimas provas estão sendo esta semana com o restante dos vinhos, entretanto, os seus já estão aprovados, falta apenas definirem as quantidades de cada vinho. Enviei-vos uma msg a respeito e aguardo vossa resposta, abraços! carla salomão

Uma parte da história, por António Lopes Ribeiro

Nasci em Dezembro de 1970, numa casa de granito construída pelo meu pai, António Ribeiro, num terreno herdado pela minha mãe, Maria Fernanda, outrora pertença do meu avô que por sua vez o tinha recebido do meu bisavô. A pedra utilizada na sua construção foi, ela própria, arrancada nesse terreno. Segundo conta o meu pai, hoje com mais de 80 anos, a casa e os armazéns demoraram dois anos a construir. De uma terra inóspita e praticamente inculta nasceu uma bela construção e vários terraços perfeitamente aráveis, onde viria a nascer a vinha do Outeiro. Conta também que, nesse ano, em virtude da grande preocupação com a obra, perdeu praticamente toda a colheita de vinho...

Mesmo assim ainda teve tempo para plantar uma nova vinha. Nasci sobre uma adega, com cubas de betão, lagar e tonéis. Em Dezembro os vinhos ainda se ajeitavam no interior do vasilhame e os seus aromas atravessavam o tabuado que separava a adega do meu quarto. Sou o quarto filho, irmão de Adriano, Hélder e Jorge.